Resenha: A Escolha


Oi pessoas, trouxe uma nova resenha, essa é a terceira da serie " A seleção ", eu sei que demorei um pouco pra postar, mas como prometido, hoje lhes apresento "A Escolha".

O livro começa com America decidida a ficar com Maxon, mas para que isso aconteça, ela terá que provar que ele realmente pode confiar nela e vice versa. America é insegura em relação a tudo, desde seu passado, seus sentimentos até as outras garotas da Elite. Ela tem medo de desistir de Aspen – que era seu namorado antes dela entrar na seleção- e depois não ser a escolhida de Maxon.
Ele tem medo de se entregar a America e ela “estragar tudo” como já fez várias vezes antes, e America não sabe o que realmente sente por Maxon, até que algo ocorre em "A Elite" e ela se da conta do que sente, mas apenas em "A Escolha"…Só que além da incerteza se ele também a amava, se eles ficariam juntos, de como Aspen iria reagir, temos ainda o Rei Clarkson, que odeia America e não permite que seu filho fique com ela. Neste livro eles terão que ultrapassar todos esses problemas para poderem ficar juntos, se for isso mesmo que Maxon quiser…
Além de todas essas coisas se passando, os ataques ao castelo e aos moradores de Illéa estão ocorrendo com muito mais frequência, os rebeldes estão muito mais mortais desta vez, e estão tendo inúmeras invasões ao castelo e também ataques as castas das participantes da Elite.
Para conseguirem dar um jeito nesses ataques, Maxon e America terão que fazer uma aliança que nunca pensariam que fariam, para tentar acabar com isso. E sem o consentimento do Rei.


Kiera Cass conseguiu fazer um final que mudou totalmente nossa opinião sobre todos os personagens. Nunca pensei que sentiria tanto a perda de uma personagem, que ela nos dois primeiros livros passou uma imagem e neste último a modificou de tal forma que passamos a amar-lá.
Tem um pouco de tudo neste livro, romance é o que mais predomina, mas temos mistérios, conflitos e etc. Um livro muito bem escrito, com uma leitura cativante, que não conseguimos parar até termina-lo.
A cada página a leitura fica mais interessante, sempre com coisas novas e opiniões diferentes, sentimentos impactantes, conflitos internos, decisões e escolhas.
Os personagens estão muito mais maduros, com escolhas mais sábias e outras nem tanto. Confesso que teve várias partes neste livro que ficava com ódio do Maxon e depois na seguinte o amava novamente.

Aviso: Este livro deixa as pessoas meio bipolares!



A autora conseguiu deixar quase todos os personagens de uma maneira muito boa, com seu final feliz. Mas também teve aqueles que morreram e que sentiremos muita falta deles, assim que você acaba de ler, tem uma bela “Depressão Pós-Livro”
Enfim, o livro é maravilhoso, recomendo a todos os leitores, leitura rápida e cativante, sem contar que a Kiera também é super receptiva com seus fãs.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Fala, Mich! - 2018 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: MS Webdesign
imagem-logo